Gal Costa - Gal De Tantos Amores-CDs-Palm Beach Bookery
Gal Costa

Gal Costa - Gal De Tantos Amores

Regular price $20.00

Gal De Tantos Amores     (Brazil)

By Gal Costa

Very Good +++ Condition. (CD, inserts and jewel case are in Very Goof condition.)

Crítica

Cotação:

 Gal Costa cansou de inventar e agora resolveu reinventar - só que a si mesma. Não é tão simples assim. O fato é que, tirando um outro momento mais ousado (como O Sorriso do Gato de Alice, em 1993, ou mesmo Aquele Frevo Axé, de 98), a baiana está estacionada em um confortável nicho de releituras e homenagens há pelo menos 20 anos. Também não é a hora de cobrar reviravoltas e ousadias de uma artista mais do que amadurecida. Entretanto, o que dá para sentir em Gal de Todos os Amores é que a cantora quer mudar, sem que nada mude. Como assim? Regravando um punhado de standards de seu próprio repertório passado, pegando uma versão aqui, outra ali, dando uma garibada geral nos arranjos... Gal veste uma "roupa nova", mas essencialmente não modifica nada. Daí temos um álbum sem dúvida muito bem feito, mas sem qualquer surpresa ou arroubo de emoção. Ou, o que é pior, às vezes até diluindo a própria história da cantora.

 Os números inéditos (ou mais ou menos inéditos, já que todas as músicas do disco já tinham sido apresentadas de uma ou outra forma) exibem - ou querem exibir - uma Gal "adulta", chique, com ares de grande dama da canção. Para tanto, ela injeta bossa nova em Dama Sofisticada, abrasileirando o jazz de Duke Ellington (compositor do original Sophisticated Lady); e passeia com firmeza pela intrincada harmonia de Apaixonada, de Ed & Nelson Motta. Só que o que se sobressai mesmo, ao final, é a delicadeza na bela e emocionada recriação de A Última Estrofe.

 Entretanto, a sensação de redundância é o que dá o tom do álbum. Um de seus compositores favoritos, Jorge Ben, mereceu duas re-releituras. Gal transformou Que Pena em híbrido de samba-funk com reggae, registro que se repete (mas com sabor mais latino) na recriação de Que Maravilha. Por mais que as regravações de Outra Vez e Folhetim tenham saído bem-feitas, com boa performance da cantora e arranjos bem-cuidados (incluindo cordas clássicas na primeira e um naipe de metais na segunda), é frustrante compará-las aos originais da própria Gal. O mesmo se sente ao reouvir Índia, registrada pela terceira vez, agora com um clima cool que não caiu bem. Força Estranha, insuperável na versão original - mais até que a famigerada versão de Roberto Carlos - também soa esquisita, colando piano e metais jazzísticos de maneira quase dissonante. É como se Gal quisesse refazer seus (gloriosos) passos de um modo mais elegante, refinado. Mas o resultado soa morno. E pior, acaba dando a impressão de que a cantora, na verdade, vê seu trabalho anterior como algo que merecesse ser consertado. Vale o antigo ditado hollywoodiano: se não estava quebrado, para que consertar?(Marco Antonio Barbosa)

Editorial Reviews

2001 release from this influential first lady of MPB. On this album, as is usual for her, she interprets material from some of the most famous songwriters in Brazil. Featured cuts are: 'Apaixonada' (Ed and Nelson Motta), 'Que Maravilha' (Jorge Ben Jor), 'Abandonado' (Caetano Veloso), a brand new version of her signature tune, 'India' and 'Caminhos Do Mar' ( the opening song from one of Brazil's most famous soap operas, 'Porto Dos Milagres').

1 Outra vez  Ouvir

(Isolda)

2 A última estrofe  Ouvir

(Cândido das Neves "Índio")

3 Que pena (Ela já não gosta mais de mim)  Ouvir

(Jorge Ben)

4 Dama sofisticada  Ouvir

(Irving Mills, Duke Ellington, Mitchell Parish, Vrs. Geraldo Carneiro)

5 Folhetim  Ouvir

(Chico Buarque)

6 Contigo aprendi  Ouvir

(Armando Manzanero, Vrs. Geraldo Carneiro)

7 Índia  Ouvir

(M. O. Guerrero, J. A. Flores, Vrs. José Fortuna)

8 Abandono  Ouvir

(Caetano Veloso)

9 Que maravilha  Ouvir

(Jorge Ben, Toquinho)

10 Apaixonada  Ouvir

(Nelson Motta, Ed Motta)

11 O amor  Ouvir

(Ney Costa Santos, Caetano Veloso)

12 Força estranha  Ouvir

(Caetano Veloso)

13 Caminhos do mar  Ouvir

(Dudu Falcão, Danilo Caymmi, Dorival Caymmi)


More from this collection